Etiquetas

segunda-feira, 23 de abril de 2012

2001: UMA ODISSEIA NO ESPAÇO de Stanley Kubrick


Estavamos em 1978, eu tinha 13 anos, e no cinema Tivoli é reposto este filme de ficção-científica. Do mesmo já tinha ouvido falar e a palavra obra-prima fazia parte dos muitos adjectivos que eram usados para o descrever. Excitado, fui a correr para o Tivoli...

Cerca de 3 horas depois saí, com a sensação que devia ser muito estúpido, pois não tinha percebido nada. O filme estava bem feito, mas era longo e muito chato. Não percebi a razão de tanto adjectivo positivo sobre o mesmo. Tirando a sequência na pré-história, não tinha gostado de nada.

Anos mais tarde decidi revê-lo, mas não mudei muito a minha opinião. Quero acreditar que percebi um bocadinho mais do que se passava, mas continuei a achá-lo muito aborrecido.

Fica aqui o cartaz da reposição no Tivoli e da estreia em 1968 no Monumental.



Sem comentários:

Enviar um comentário